Dados Gerais

No começo, havia índios, mas eis que chegam os portugueses

O povoamento da região, onde hoje se localiza o Município de Capela de Santana, iniciou-se “correndo os anos de 1738 e 1745”. Milliet de Saint Adolphe relata, em seu Dicionário Geográfico, o encontro dos portugueses com os selvagens da região da hoje Capela de Santana, “Tinham os índios Tapes e Guayacanans algumas aldeias nas margens dos Sinos e nas do Taquari, com os quais se juntaram alguns portugueses, correndo os anos de 1738 e 1745 e tal foi a origem desta Freguesia, cuja igreja foi dedicada a Santa Ana”. Como era na época, o único local povoado entre os rios dos Sinos e Caí, passou a chamar-se de “Ilha do Rio dos Sinos”.

Os primeiros povoadores

Em janeiro de 1757, conforme um mapa do Padre Clarque, vigário de Triunfo, freguesia criada em 04/09/1756, havia oito fazendas em toda essa área entre os rios dos Sinos e Caí.
Em meados de 1758, o mesmo Pe. Clarque fez uma relação de todos os seus paroquianos entre os Sinos e Caí. Havia, então, dezesseis casas com um total de noventa e duas pessoas em idade de confessar: 24 eram escravos, 11 agregados ou camaradas e os outros 57 eram membros das famílias dos proprietários.

Capela de Santana e o município de São Leopoldo
Em 1846 era criada a Vila de São Leopoldo e Santana do Rio dos Sinos passou a ser o 3º Distrito. Desanexado de Porto Alegre, a quem estivera ligado desde o início do século, o 3º Distrito de São Leopoldo abrangia a maior parte do atual município de São Sebastião do CaÍ.
A Lei nº 142, de 18 de julho de 1848, desmembrava da Freguesia de Santana do Rio dos Sinos as Picadas do Hortêncio, Nova e Quatorze, de colonização alemã, para formar a freguesia de São José do Hortêncio.

Capela de Santana e São Sebastião do Caí
A Lei de criação do Município de São Sebastião do Caí, de nº 995, dizia que o mesmo seria constituído pelas paróquias de São Sebastião do Caí, São José do Hortêncio e Santana do Rio dos Sinos. A Capela de Santana que estivera por quase 30 anos ligada a São Leopoldo passava então a fazer parte do novo município.

De Santana do Rio dos Sinos a Capela de Santana
Com a criação do município de S ao Sebastião do Caí, Capela de Santana passou a ser o 4º Distrito. A Lei Municipal nº 103 de 05 de outubro de 1951 adotou o nome de Capela de Santana para a antiga Santana do Rio dos Sinos. Sendo Santa Ana a padroeira e tendo a comunidade se desenvolvido ao redor de sua Capela, nada mais certo que esta seja a denominação oficial.

O Século XX
Em 1912 houve a instalação do primeiro telefone; em 1914 ocorreu a chegada de viação férrea; em 1940, instalou-se a Arrozeira Brasileira S/A, indústria de cordoaria; em 1949 era implantada a rede de energia elétrica; em 1952, o Posto Experimental da Mandioca foi transformado em Centro de Treinamento da Mecanização da Lavoura (CTML); em1965 era instalado o Ginásio Estadual Manoel de Almeida Ramos; em 1970, realizou-se a primeira edição da Festa da Bergamota, posteriormente transferida para São Sebastião do Caí.
A campanha para a emancipação de Capela de Santana teve seu início no dia 25 de maio de 1985 em uma histórica reunião realizada no salão Paroquial, onde na ata realizada nesta oportunidade contou com mais de trezentas assinaturas. Entre outras decisões importantes tomadas pela Assembléia Geral, foi eleita a comissão emancipacionista que deveria levar avante o movimento.

Comissão Emancipadora
Presidente: Pedro Oddone Rodrigues da Silva
Vice-Presidente: Átila Flores Ramos
1º Secretário: Léo Laerte de Jesus Oliveira
2ª Secretária: Ilda Flores Dias
1º Tesoureiro: Guaracy Machado
2º Tesoureiro: Dilon Sebastião Vieira

Membros do Conselho:
Pedro Ferraz Exemberger
Eurico Antônio de Mello
Lucas Canisius Winter

Em 20 de setembro de 1987, era realizado o Plebiscito no 4º Distrito de Capela de Santana, apurando-se a seguinte votação:

- Total de eleitores inscritos    3.283
- Total de votos SIM                2.124
- Total de votos NÃO                 271
- Total de votos em branco          15
- Total de votos nulos                  14
- Total de eleitores que votaram    2.242

A criação oficial do município de Capela de Santana deu-se em 08 de dezembro de 1987, através da Lei nº 8.456.

Fonte de pesquisa: Obras do Professor Léo Laerte de Jesus Oliveira, Escritor e Historiador Capelense.
 
MEMBROS DO EXECUTIVO E DO LEGISLATIVO NOS 20 ANOS DE EMANCIPAÇÃO
1ª Mandato 1989 à 1992
Prefeito: Pedro Oddone Rodrigues da Silva
Vice-Prefeito: José Louri da Silva

Vereadores:

Adiles Luis Moosher
Eurico Antônio de Mello
Inácio de Oliveira Dias
Jacir João de Oliveira
Jardelino Roque dos Santos
Luis Fernando Kroeff
Mauro Alci de Paula
Nelson Hentscke
Reci Alves Antunes
Valdir Maria Flores
Obs.: Com o Falecimento do vereador Eurico Antônio de Mello, assume o suplente Inácio de Oliveira Dias.

 
2ª Mandato 1993 à 1996
Prefeito: José Nestor de Oliveira Bernardes
Vice-Prefeito: Pedro Ferraz Exemberger

Vereadores:
Carlos Adolfo Diefenthaler
João Olegário de Oliveira Bernardes
Inácio de Oliveira Dias
Edgar Rosa de Mello
Jardelino Roque dos Santos
João Carlos Motta Machado
Valdir Minto
Wilson Capaverde
Valdir Maria Flores

 
3ª Mandato 1997 a 2000
Prefeito: Wilson Capaverde
Vice-Prefeito: José Louri da Silva

Vereadores:
Jardelino Roque dos Santos
Jodeli Lourival da Rosa Lopes
José Rangel
Noeli Pallini da Silva
Pedro Oddone Rodrigues da Silva
Reci Alves Antunes
Valdir Minto
Valdir Maria Flores
José Irlei da Silva
Ênio Gilberto Kussler
Obs.: Neste mandato, o município teve a sua primeira vereadora, Noeli Pallini da Silva.

Com o falecimento do vereador José Irlei da Silva, assume Ênio Gilberto Kussler.
 
4ª Mandato 2001 à 2004
Prefeito: José Nestor de Oliveira Bernardes
Vice-Prefeito: Valdir Maria Flores

Vereadores:
Jardelino Roque dos Santos
Vitório Sant’Anna
José Rangel
Jacir João de Oliveira
Ivo José Hanauer
Luci de Barros Chanes
Valdir Minto
Auri Patuzzi
Maria Cristina Vieira Bittencourt   
Obs.: Neste mandato, o município teve a primeira mulher Presidente da Câmara de Vereadores, Maria Cristina Vieira Bittencourt.

5ª Mandato 2005 à 2008
Prefeito: José Nestor de Oliveira Bernardes
Vice-Prefeito: Maria Cristina Vieira Bittencourt

Vereadores:
Jardelino Roque dos Santos
José Milto Capellari
José Rangel
Marcelo Ramos Junqueira
Ivo José Hanauer
José Alfredo Machado
Valdir Minto
Auri Patuzzi
Jaime Dandolini
Obs.: Neste mandato, o município teve a primeira Vice-Prefeita, Maria Cristina Vieira Bittencourt.

6ª Mandato 2009 a 2012

Prefeito: Wilson Capaverde
Vice-Prefeito: Rui César Colling

Vereadores:
Varlei de Vargas
Jardelino Roque dos Santos
José Aloisio Flores
Libório Flores
Ivo José Hanauer
Fernando Martins da Silva
Valdir Minto
Ana Patuzzi
Ildemar Collovini
Obs.: Neste mandato, o município elegeu o prefeito mais velho do estado do Rio Grande do Sul.

7ª Mandato 2013 a 2016
Prefeito: José Nestor de Oliveira Bernardes
Vice-Prefeito: Ivo José Hanauer

Vereadores:
Leonel Fagundes da Rosa
Rafael Perci de Paula da Cruz
Maria Cristina Vieira Bittencourt *
Tiarles Adão da Silva
Carlos Luis Leão Filho
Alessandro Lopes
Volmir Antonio Nickhorn
José Rangel
Luis Alex Hoch de Araújo


Obs.: * Por motivo de saúde, a vereadora Maria Cristina Vieira Bittencourt licenciou-se temporariamente, assumindo o seu suplente Romildo Valmor Brambila.


Prefeitura Municipal de Capela de Santana
Horario de atendimento do Centro Administrativo 7:30 - 13:30hs
Av. Coronel Orestes Lucas, 2335 | Centro | Capela de Santana | RS | Brasil | CEP 95745 - 000 | Fone (0xx 51) 3698-1155
Desenvolvido por Studyo10 © - Todos os Direitos Reservados
Delalibera